terça-feira, 6 de julho de 2010

Faltou imaginação?

Mundo Espiritual
Faltou imaginação?

A reencarnação na Terra ou em outros mundos é ponto pacífico entre os espíritas e mesmo entre simpatizantes espíritas. Por outro lado, a reencarnação no mundo espiritual é uma idéia nova que começa a ser levantada e discutida no movimento espírita.

Uma das principais pessoas que estão a frente desta idéia é o médium Carlos Baccelli, de Uberaba. Baccelli já abordou o tema em alguns de seus livros, em especial naqueles que contam com a autoria espiritual do médico Inácio Ferreira. Aliás, este espírito mantém um blog na Internet onde, uma vez por semana, publica artigos tratando deste e de outros temas.

Particularmente, gostei muito desta iniciativa e fiquei mesmo impressionado com a fluência, com a desenvoltura dos textos publicados. Seria simplesmente fantástico se todos os seres desencarnados tivessem a possibilidade de transmitir suas idéias por este meio e com esta facilidade.

A idéia da reencarnação no mundo espiritual é muito curiosa e mesmo sedutora, especialmente pra quem, como eu, gosta de ficar divagando ou elocubrando sobre as hipóteses espíritas. Pra começo de conversa você precisa imaginar a existência de um corpo espiritual que nascerá e que morrerá um dia. O ser espiritual, então, recebe ou se liga a este corpo no nascimento ou em algum momento da existência deste corpo; e depois, quando o corpo morre ou está para morrer, o ser se solta dele ficando, assim, potencialmente preparado para uma nova reencarnação.

Para alguém realmente interessado em entender esta idéia há de se perguntar como são formados estes corpos. Ou melhor, qual é o processo de evolução deste corpo espiritual desde o seu nascimento até a sua morte.

E foi esta dúvida que eu levei pessoalmente para um pinga fogo com o médium Baccelli realizado aqui em São Carlos. A pergunta foi feita por escrito e transmitida pelo dirigente da casa espírita. Baccelli disse que a questão era muito complexa e quem estivesse interessado que procurasse um esclarecimento no livro A Evolução Anímica do francês Gabriel Delanne.

Olha, sou jovem, tenho muito o que aprender, mas sei que esta obra fala sobre a evolução do espírito e não sobre a evolução de um corpo espiritual que pudesse ser utilizado para uma reencarnação no mundo espiritual. Pois bem, imaginei sinceramente que o médium não tivesse entendido a pergunta ou que eu esperava uma explicação teórica sofisticada.

Assim, achei por bem esperar o término do pinga fogo e pacientemente esperei o médium autografar vários dos seus livros que estavam à venda. Então, reformulei a pergunta explicando que eu queria entender na prática de onde surgia este corpo para o ser espiritual reencarnar por lá. Não foi grande a minha decepção ao ouvir do próprio médium que ele não sabe? Que o doutor Inácio ainda não explicou isso?

Como assim? Escreve livros sobre a questão, faz palestras, edita jornal, publica artigos na Internet e agora não sabe de onde vem e nem para onde vai este corpo? Que doutor Inácio é esse que está super antenado no movimento espírita, vive dando "banana" para as pessoas, sabe tudo da obra do Chico, foi e é médico, e agora deixou passar o essencial da idéia: a evolução do corpo espiritual?

Não, não! Deve ter havido um mal entendido, alguma explicação deve ter! Ponho a cabeça pra funcionar e saio em socorro do médium: "provavelmente, eles não podem dizer tudo ainda!". Mas não, ele disse que, na verdade, ele precisaria ter um conhecimento mais avançado de genética, coisa e tal... ah tá!!! Então, disse eu, "o negócio é biológico?" e ele responde "é isso, eu acho que é similar!".

Depois dessa resposta percebi que o médium não sabia era nada. Mas, se não sabe, como é que defende com unhas e dentes a idéia?!? Sinceramente, pra mim, ele poderia ter me falado qualquer coisa. Poderia ter falado que lá o corpo nasce na barriga de um corpo masculino. Poderia ter dito que os corpos são criados em incubadoras do Nosso Lar. Poderia ter falado mesmo que surgiam do nada. Só não podia ter falado que não sabe. E agora eu te pergunto: faltou imaginação?

19 comentários:

  1. Felipe Gonçalves6 de julho de 2010 22:45

    Caro Vital!

    Pois é...contudo, sobrou imaginação ao suposto "Dr. Inácio" quando forçou a barra em uma interpretação equivocada da questão 94 de OLE, dizendo ser uma "reencarnação espiritual" a apropriação fluídica que reveste o Espírito em outro orbe. Fantástico! Veja lá:

    http://adde.com.br/Sessao.aspx?id=325

    Abraços,
    Felipe.

    ResponderExcluir
  2. Oi Vital:

    Deixe-me parabenizá-lo pelo texto e pela atitude inteligente diante da falta de consistência do "médium" e de seu "espírito". Grandíssimo abraço!

    ResponderExcluir
  3. Pois é, Felipe!

    O médium poderia ter se saído muito bem com essa teoria da apropriação fluídica... vai saber porque não apostou nela, né?

    Abraço!

    ResponderExcluir
  4. Valeu, Augusto!

    O que me intriga é saber se outras pessoas tomaram atitude semelhante... se sim, devem ter sido poucas.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  5. Vital, boa noite!
    Na questão 182 de LE, os benfeitores amigos são bastante claros ao responder que nós, os reencarnados, não temos 'cabeça' para sabermos de todas as coisas, e vamos encontrar no ESE a mesma orientação: '...uma luz muito forte pode cegar', raciocinando desta forma pode-se chegar à conclusão de que o o espírito Inácio Ferreira, assim como nós, também não tem todas as respostas e que o fato dele não possuir todas as respostas não deve impedi-lo de nos comunicar algo daquilo que ele está tomando contato. Ora, caro amigo, o Espiritismo é também doutrina filosófica, porque desejar respostas prontas, porque não continuar - cada um de nós - exercitando o raciocínio? Particularmente, prefiro que o companheiro Baccelli diga que não sabe do que invente uma resposta absurda qualquer para se fazer de entendido. Por exemplo, o fato de acreditar - no meu caso específico - em reencarnação não me faz absolutamente phd neste assunto! Tudo bem, eu estudo, mas não sou phd em nada! Quantos de nós estudamos Evolucionismo nos bancos escolares e quem de nós se julga capaz de responder sobre a origem do corpo humano? Eu gosto de saber que você e outros companheiros estão colocando a 'cuca' pra funcionar, é a orientação do Espírito de Verdade: Instruí-vos! Só não se esqueça da ordem desta orientação, primeiro: Amai-vos! Se você diz que é novo - não sei se de idade ou de doutrina - permita-me com a caridade possível te orientar a respeito de uma coisa: sede tolerante, sede compassivo, não entre no rol daqueles que desejam criar caso, intriga, melindres... Discordar é nosso dever, quando assim for necessário, mas com compaixão. É do Cristo a afirmação: Eu desejo que o pecado morra, não o pecador. Vamos estudar, vamos sintonizar os 'nossos' guias espirituais e quando nos fizermos prontos, aí sim, teremos novas revelações, por ora, muito mal digerimos as velhas... perdão, tolerância, caridade...
    Com o carinho da companheira de ideal, não tão nova, e por isso mesmo mais serena.
    Abraços
    Rita Mercês
    182 Podemos conhecer exatamente o estado físico e moral dos diferentes mundos?

    – Nós, Espíritos, só podemos responder de acordo com o grau de adiantamento em que vos encontrais. Portanto, não devemos revelar essas coisas a todos, visto que nem todos terão alcance de compreendê-las, e isso os perturbaria.

    ☼ À medida que o Espírito se purifica, o corpo que o reveste se aproxima igualmente da natureza espírita. A matéria torna-se menos densa, ele não mais se arrasta em sofrimento pela superfície do solo, as necessidades físicas são menos grosseiras e os seres vivos não têm mais necessidade de se destruírem mutuamente para se alimentar. O Espírito é mais livre e, para atingir coisas distantes, tem percepções que nos são desconhecidas. Ele vê pelos olhos do corpo o que apenas pelo pensamento podemos imaginar.

    ResponderExcluir
  6. Olá, Rita!

    Obrigado pelos comentários!

    A questão que me passa pela cabeça é que o doutor Inácio continua atendendo no plano espiritual. E como médico fica difícil acreditar que ele não saiba como são as reencarnações por lá.

    Se você perguntar pra qualquer pessoa encarnada ela vai te explicar direitinho como se processa a formação dos corpos aqui na Terra. Vai te falar que um homem e uma mulher fazem sexo, o espermatozóide se une ao óvulo, o embrião se desenvolve, e depois de nove meses o corpo nasce.

    E lá como é que é? Como são formados os corpos espirituais para as reencarnações que acontecem por lá? Veja que isto deve ser uma informação simples, sem grandes consequências para nós encarnados... não exige de nós termos cabeça e nem tampouco será uma luz que pode cegar.

    Abraço, Vital.

    ResponderExcluir
  7. Olá, Vital

    Penso que como temos aprendido que o planeta Terra é uma cópia imperfeita do plano espiritual e que o corpo físico tem como matriz a forma perispirítica, 'talvez' o processo de encarnação no mundo espiritual seja nos moldes do nosso só que mais elaborado. rsrsrs De qualquer forma não explica nada, não é? N'O Livro dos Espíritos há uma questão sobre a infância no PE que orienta sobre a diferença da infância de lá e de cá, dizendo que 'lá' a infância é menos frágil, como entender isto é que é, será que renascemos com mais possibilidades, mais independência? Bem, o que eu queria dizer é que eu também fiquei com uma dúvida (só uma!...), ainda no LE encontramos questões que falam sobre a encarnação em outros mundos e que o estado de erraticidade é um período que antecede às nossas encarnações ou reencarnações nestes mundos, daí eu penso que nas colônias de transição (Nosso Lar, por exemplo)pode haver gravidez? Vou perguntar para o Baccelli e depois te conto. Talvez a dificuldade do Baccelli em responder a tua questão se prenda a falta de informação do Inácio no sentido de que as encarnações não se deêm nestas colônias e sim em outros mundos. Só estou 'viajando' um pouco. Assim que souber algo a mais te escrevo. Um abraço fraternal da companheira de ideal espírita,
    Rita Mercês

    ResponderExcluir
  8. Oi, Rita!

    Por favor, não deixe de me contar se você conseguir alguma resposta do Baccelli!

    Esta sua hipótese do doutor Inácio não estar num mundo onde tem encarnação espiritual pode explicar porque ele não deu detalhes sobre isto.

    Vamos aguardar! Abraço!

    ResponderExcluir
  9. OLá, Vital. Escrevo para lhe dar os parabéns pelo blog. A qualidade de seus textos e a sua liberdade de pensamento são excepcionais. Faço parte do grupo Rede de Pesquisas Espíritas (recebo em meu e-mail as diversas discussões do grupo), mas me mantenho silenciosa, só aprendendo. Já trabalhei com o Léo e o Renato Magosso em um Centro de Ribeirão, durante dois anos (no COEM), mas ainda não me sinto preparada para altos voos como os seus. Tenho ensaiado voos baixos em meu blog http://retalhoseepopeias.blogspot.com
    Mais uma vez, parabéns. Continuarei acompanhando suas postagens (você poderia inserir a opção de seguidores no blog, assim estaríamos sempre a par de suas novas postagens)
    Abraços
    Carolina Bernardes

    ResponderExcluir
  10. Obrigado, Carolina!

    Muito bom ouvir um elogio sincero como o seu. Deu até vontade de voltar a divagar (como você pode ter percebido este post foi publicado já a alguns meses).

    Acabei de publicar um outro post, "Brincando de modelar". Também segui sua sugestão e coloquei o quadrinho dos seguidores.

    Ah! Seu blog é muito bonito! Que coisa mais bonita! Parabéns!

    Abraço, Vital.

    ResponderExcluir
  11. Oi, Vital. Muito, muito obrigada por me visitar! Fiquei muito feliz! E mais feliz ainda em ver que eu trouxe um pouquinho de inspiração para você voltar a postar seus textos tão interessantes. Acho magnifíca a sua liberdade de pensamento em relação à doutrina, tentando analisar questões que nem sempre se encontram nas obras básicas. Eu arrisquei algo assim em meu post "Diversidade de dons". Mas, como disse, não tenho o conhecimento aprofundado dos textos espíritas para fazer incursões mais ousadas. Contudo, pretendo postar reflexões espíritas, juntamente com meu material de literatura. Mais uma vez, obrigada. E boa sorte com o blog! Abraços, Carolina

    ResponderExcluir
  12. Caro Vital,

    Acho que devemos ter muito cuidado quando indicamos algo às pessoas, até porque muitos podem ter muito pouco conhecimento do assunto tratado e não tendo capacidade para avaliar o que lêem, acabam acreditando no que está escrito pelo fato de ter sido ditado por um espírito e principalmente por ter sido recepcionado por um médium de certa influência.

    Segundo me lembro, o Dr. Inácio assegura que a reprodução no plano espiritual é sexuada, como ele diz: "através do coito", "os espíritos copulam", ou algo do tipo.

    Se você ainda não percebeu o blog do Dr. Inácio está sem novas mensagens há algum tempo.

    Leia a mensagem que está no blog datada de 13/10/2009 e entenda o que ele quer dizer, faça o que ele sugere e veja se a questão 180 de O Livro dos Espíritos que ele colocou lá no blog está de acordo com qualquer edição que você possa ter acesso, principalmente a que ele diz ter retirado a questão, tradução Herculano Pires.

    Quanto tempo o livro Nosso Lar e Memórias de um Suicida ficaram "engavetados" antes de serem publicados? Foi necessário PRUDÊNCIA para que não houvesse prejuízo para a Doutrina, pensemos nisso!

    Um Abraço.

    ResponderExcluir
  13. Olá, Wilton!

    Obrigado pela visita e pelas considerações. Procuro sempre colocar em meus posts que o importante é refletir sobre as hipóteses que são levantadas.

    A informação se não é divulgada aqui, é divulgada em outro lugar. Ainda mais nesse mundo internético em que vivemos!

    De toda forma, acredito que este texto que escrevi contribui para que as pessoas fiquem com um pé atrás sobre esta hipótese da reencarnação no mundo espiritual.

    Abraço! E volte sempre!

    ResponderExcluir
  14. Meu amigo, deixe o espiritismo de lado e acesse http://www.urantia.org . Nunca mais serás o mesmo.

    ResponderExcluir
  15. Obrigado pela indicação!

    Nunca tinha ouvido falar sobre Urântia.

    ResponderExcluir
  16. Sobre a quastão da reencarnação eu nem entro no mérito.
    O que queria mesmo saber é porque Socrates, Platão, Kardec, J. Herculano ainda não tiraram um cursinho de informatica para se comunicar com todos.

    ResponderExcluir
  17. Rsrsrs....

    Essa foi boa, Francisco Amado!

    Obrigado pela visita!

    ResponderExcluir
  18. MEU VITAL, GOSTARIA DE LHE DIZER, QUE EM MATERIA DE MUNDO ESPIRITUAL,NOS SOMOS LEIGOS, E OS ESPIRITOS SUPERIORES NOS AFIRMAM QUE NÃO TEMOS CABEÇA PARA SABERMOS TUDO. jESUS DEIXOU BEM CLARO QUE ENVIARIA O CONSOLADOR PARA DIZER O QUE ELE NÃO PODERIA POIS O POVO NÃO ENTENDERIA, E O PROPRIO KARDEC AFIRMOU QUE O ESPIRITISMO EVOLUIRIA, E, O CHICO XAVIER VEIO COMPLEMENTAR A CODIFICAÇÃO, E, AFIRMOU NÃO DIZER TUDO. BOM, ACHO QUE OS ESPIRITAS DEVERIAM PRATICAR A CARIDADE E ESTUDAR AS OBRAS SEM ESSA PECHA DE INQUISIÇÃO,ENTENDEU ..

    ResponderExcluir
  19. Olá, amigo!

    De certa forma eu concordo com você... temos que encarar as obras com o pensamento aberto e livre. Mas também, temos que usar esta liberdade para avaliar bem aquilo que lemos.

    Abraço e obrigado pelo conselho!

    ResponderExcluir